Conheça as 3 principais causas da calvície

Embora esteja associada ao aumento da idade e ao sexo masculino, a calvície pode ter várias causas.

Cientificamente denominada Alopécia, a calvície significa a redução parcial ou total de cabelos e pode ocorrer em ambos os sexos e em qualquer idade. Isso porque ela pode ter várias causas possíveis, desde uma variação hormonal até um estresse momentâneo, por exemplo.

Por isso, conheça agora as 4 principais causas da calvície!

Os primeiros sinais

Primeiramente, precisamos lembrar que nem toda queda de cabelo significa calvície! Até porque, de tempos em tempos o cabelo realmente precisa se renovar.  E para isso acontecer é preciso que os fios mais velhos e fracos saiam para dar lugar aos novos.

Por isso, o mais recomendado é que o diagnóstico de calvície seja dado por um médico dermatologista, que poderá determinar se a sua queda de cabelo está acima do normal.

Porém, se você sofre com algumas destas coisas, pode ser um sinal de calvície…

Queda excessiva do cabelo
Seus fios estão cada vez mais finos e fracos
Fios nascem cada vez menores e mais quebradiços
Quando caem, não nascem novos em seu lugar
Fios mais escassos, especialmente na região frontal ou superior da cabeça

Os tipos e as causas da calvície

Como mencionamos acima, não existe apenas uma causa para a calvície, já que ela pode ser conseqüência de um ou vários fatores.

Na verdade esta é uma condição que depende de muitos fatores externos e internos, tais como:

Alimentação incorreta
Higiene inadequada
Caspa, especialmente quando não for tratada
Uso excessivo de fixadores, secadores e bonés
Alterações no couro cabeludo, como tingimentos, alisamentos, etc.
Alterações nos níveis hormonais, como menopausa ou andropausa.

O tratamento médico pode auxiliar a identificação das causas e soluções para a calvície. Além disso, a redução da queda dos cabelos pode ser obtida se seguido corretamente as orientações do dermatologista.

Conheça agora as 3 principais causas da calvície

1. Eflúvio Anágeno

É o aumento da queda diária dos fios, que pode ser vista na escova ou durante o banho. Como resultado, o cabelo fica ralo e escasso em algumas partes.Na verdade, podem ser várias as causas, como uma gripe, cirurgias, doenças infecciosas, dietas muito restritivas tratamentos como a quimioterapia. Geralmente após o evento estressante o cabelo volta a crescer naturalmente.

Tratamento: Em teoria, não é necessário tratamento nestes casos. Isso é porque assim que cessa a fonte de estresse, a doença ou o tratamento, o cabelo volta a crescer naturalmente. Entretanto, se você tiver alguma outra condição associada, como a alopécia androgênica, que vamos falar logo mais, seria interessante buscar um dermatologista.

2. Alopécia Areata

Neste caso, o que acontece é um inflamação no couro cabeludo, que leva à queda de cabelo. Como no caso anterior, podem ser vários os fatores que desencadeiam essa perda de cabelo. Porém a queda aqui é mais intensa e deixa formas lisas e circulares na cabeça. Além disso, ela pode afetar outras partes do corpo também, caracterizando um quadro de alopécia universal. Apesar disso, ela não é contagiosa e o cabelo pode voltar a crescer

Tratamento: De uma maneira geral, os tratamentos disponíveis para a alopécia androgênica visam evitar a queda. Podem ser via oral ou aplicados diretamente nas áreas afetadas.

4. Alopécia Androgênica

Das causas da calvície, essa é a mais conhecida. E embora se acredite que atinge somente os homens, ela pode atingir também as mulheres. Outra coisa que muitos não sabem é que a alopécia androgênica começa a se manifestas ainda na adolescência, ainda que só se torne aparente por volta dos 40 ou 50 anos.

Tratamento: Existem alguns tratamentos hormonais e via oral que ajudam a desacelerar o processo de queda do cabelo. Na verdade, o objetivo aqui é estacionar o processo e tentar recuperar uma parte da perda. Em casos mais extremos, o transplante capilar pode ser uma solução!

Vale lembrar que a  calvície é muito mais um problema estético do que de saúde. Estas são algumas das causas da calvície, mas lembramos que é importante consultar um dermatologista, pois só ele poderá indicar o melhor tratamento para você!

O post Conheça as 3 principais causas da calvície apareceu primeiro em Bem de Saúde.

You may also like...

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *